quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Exorcismo sobre cidade da Itália


A 30 quilômetros de Nápoles, a cidade litorânea de Castellammare di Stabia, com seus pouco mais de 65 mil habitantes, recebeu uma oração especial no último dia 9 de julho. A bordo de um helicóptero, um padre realizou um "exorcismo aéreo" sobre o povoado italiano, em resposta ao crescimento de roubos a igrejas e outros vandalismos na região.

A intervenção foi feita a pedido de um grupo de oração local. "Se Satanás existe, ele tomou o controle de Castellammare di Stabia", declarou o grupo. "Não restava outra alternativa, a não ser tentar um exorcista."

O acontecimento só foi divulgado uma semana depois do exorcismo. Castellammare di Stabia tem sido assolada há muito tempo pela violência do crime organizado, mas uma série de roubos a igrejas, violações de túmulos, cruzes sendo viradas de ponta cabeça e estátuas da Virgem Maria sendo atiradas de penhascos, levou os moradores da cidade a acreditar que algo mais sinistro estava acontecendo.

O sacerdote que rezou pelo povoado é da comuna de Cava de' Tirreni, mas não se sabem mais detalhes sobre a sua identidade. A oração feita do alto do helicóptero é o caso de um "exorcismo menor", realizado comumente pela Igreja "para afastar de uma pessoa, coisa ou lugar o influxo do demônio". "A presença do diabo e outros demônios – explica o Ritual Romano – aparece e manifesta-se não somente em pessoas tentadas ou atormentadas, mas também em coisas e lugares em que de algum modo penetra por ação própria, bem como em várias formas de oposição e perseguição à Igreja".

Os habitantes do lugar esperam que esse ato, juntamente com o aumento da devoção local, ajude a recuperar a cidade, que tem experimentado um acentuado declínio moral e econômico nos últimos anos.

Ainda que a oração feita de um helicóptero pareça inédita, não é a primeira vez que um exorcismo é realizado especialmente sobre um lugar ou um povoado. São Francisco de Assis, certa feita, expulsou de uma só vez todos os demônios da cidade italiana de Arezzo:


"Hospedado numa aldeia fora da cidade, o homem de Deus viu, acima daquela terra, demônios exultantes e cidadãos que inflamavam a destruição de seus próprios concidadãos. Chamando Frei Silvestre, um homem de Deus de digna simplicidade, deu-lhe ordem, dizendo: 'Vai à frente da porta da cidade e, da parte de Deus todo-poderoso, manda aos demônios que saiam da cidade quanto antes!' Apressou-se a santa simplicidade a cumprir a obediência. Piedoso e simples, o frade foi correndo cumprir a ordem e, apresentando-se diante de Deus com hinos de louvor, clamou valentemente diante da porta: 'Da parte de Deus e por ordem de nosso pai Francisco, ide embora para longe daqui, demônios todos!' A cidade voltou à paz pouco depois e tratou de preservar com grande tranquilidade os direitos dos cidadãos."

Mais recentemente, no México, bispos e sacerdotes de todo o país se reuniram para rezar um "exorcismo magno" sobre a nação, tendo em vista o avanço do aborto, do "casamento" gay, do tráfico de drogas e de práticas ocultistas. Segundo o padre José Antonio Fortea, que preparou a cerimônia, tantos pecados "provocaram uma grande infestação satânica em todo o México".

Levando em conta as estruturas de mal que têm se fortalecido nos quatro cantos do mundo, é inevitável a conclusão do padre Valter Cascioli, porta-voz da Associação Internacional de Exorcistas: "No momento, é crescente o número de distúrbios decorrentes de atividade demoníaca extraordinária", diz ele. "Isso está se tornando uma emergência pastoral".

O aumento da atividade satânica no mundo pode ser atribuído à diminuição da fé entre os indivíduos, aliada a um aumento da curiosidade e da participação em atividades ocultas, como os tabuleiros Ouija e sessões espíritas. Na avaliação do padre Cascioli, "essas coisas geralmente começam pela ignorância, superficialidade, estupidez ou proselitismo, seja participando ativamente, seja apenas assistindo", mas – ele adverte – "as consequências são sempre desastrosas".

Para conter essa notável infestação do mal na sociedade moderna, nada é tão urgente quanto resgatar a virtude da fé nos corações humanos. Para além deste mundo material, existem um Deus, miríades de anjos e uma eternidade feliz à nossa espera – e, também, uma multidão de demônios "como um leão a rugir, procurando a quem devorar" ( 1 Pd 5, 8). Tomemos consciência do combate espiritual que se trava todos os dias à nossa volta – combate no qual está em jogo, mais do que a saúde física das pessoas e a paz das nações, a própria salvação eterna das almas.


fonte: padrepauloricardo.org/blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas