sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Um olhar vale mais...


Todos nós conhecemos um velho ditado que diz: "um olhar vale mais que mil palavras".

E não existe dúvida alguma que essa máxima popular é a mais pura verdade. Mas, nos questionemos a respeito das entrelinhas. Já sabemos que se alguém está triste, se alguém está contente, angustiado, sofrendo ou amargurado, rapidamente percebemos esses sentimentos no olhar de uma pessoa. Nos atentemos por um instante apenas no sentido da visão, pois sabemos que a linguagem corporal é um todo, o corpo "fala", transmite o que está na mente e no coração.

Vamos além refletindo um pouco sobre o olhar.

O olhar, janela da alma que transmite e também recebe do mundo tudo que o cerca. O olhar por onde também entram muitas tentações que nos afastam do bom caminho. E é neste olhar, sempre tão atento que devemos concentrar nossos esforços para sempre podermos levar ao próximo aquilo de melhor que tivermos para oferecer enquanto pessoas e filhos de Deus.

Nos aprimoremos a cada dia na arte de perceber no irmão a sua necessidade. Pode ser um ombro amigo, pode ser um auxílio, pode ser uma companhia, pode ser um pouco de esperança ou alegria, pode ser aquilo que o olhar está transmitindo e nem paramos na correria do dia a dia para enxergarmos.

As pessoas aprendem muito olhando; sejamos pois para elas, bons exemplos. Pois elas nos observam, nos assistem, nos acompanham com seus olhares clínicos, não deixando passar, na maioria das vezes, nenhum momento dos acontecimentos.

Eis aí a beleza de um artista, que expressa por meio de sua linguagem corporal uma história, um testemunho, uma verdade que liberta. Na arte da mímica, sequer uma palavra é dita. E nem é preciso, pois como Deus que tudo vê, um olhar vale mais que uma leitura, vale mais que um escutar, quem sabe vale mais que o olfato e o tato, não sendo nenhum destes menos importantes.

Lembremos sempre que nossas atitudes podem ter tanto valor, quanto o anseio de um coração que se alimenta daquilo que nossos olhos veem.

O mundo apela para o visual, utiliza muito os sentidos sempre numa tentativa de nos impor o que ele chama de certo e necessário.

Peçamos a Deus a graça de purificarmos a cada dia nosso olhar tornando-o santo, sem maldade ou malícia, livre das tentações para assim podermos sempre, com bons exemplos nos apresentarmos bem sobre esse olhar que vale mais.


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas