terça-feira, 31 de maio de 2016

Outra família que se vai

Por onde quer que se ande, sempre acabamos por esbarrar no assunto das famílias desfeitas. Um casal que se separa e passam a viver com outras pessoas. Filhos que no meio deste tiroteio egoísta algumas vezes se tornam bagagens onde o mundo alegremente trata de educar e criar com sua catequese de morte. Famílias que nem chegam a começar e são mutiladas deixando como resultado uma mãe solteira. Famílias que não são famílias, pois não foram criadas no molde pensado e desejado por Deus. E tantas outras facetas de aglomerações de pessoas sob o mesmo teto ou não, que não conseguem sequer levar adiante o projeto de Deus, querido e planejado para a humanidade.

E por que? Volto a dizer aqui no meu blog, mais uma vez. A família é uma aliança de sangue. É dizer: eu derramo o meu sangue, mas eu não desisto de você. Deus que nos pensou como família e quis se fazer família vindo no ventre da Virgem Maria e trazendo para todos nós o modelo que é a Sagrada Família, sofre muito a cada dia quando cada um de nós, membros que somos ou fomos de uma família, permitimos que em nossos corações esse mesmo Deus através do Espírito Santo, não habite plenamente nesta morada que foi comprada a preço de sangue e que, portanto, não nos pertence. Mal-agradecidos, egoístas e rebeldes que somos se assim agirmos. O resultado nunca é bom, o mal toma posse e as desgraças acontecem.

Vejamos outro exemplo que infelizmente passa a ser corriqueiro pelo mundo afora: No último sábado dia 30 de maio, um homem matou a facadas sua mulher e o filho de oito anos dentro do apartamento que moravam na cidade de Goiânia em Goiás. Segundo testemunhas, o marido Alexandre Schmitz de 30 anos, teria brigado com sua mulher Samantha de 29. Após a discussão ele teria ido dormir no carro que estava estacionado fora do prédio.

No dia seguinte, munido de uma faca, ele retornou ao apartamento e matou a mulher, o filho e depois se suicidou. Sendo esta a terceira vez que o casal teria brigado por causa de ciúmes, segundo relatos de moradores vizinhos. O crime foi descoberto pelo pai de Samantha que mora no mesmo prédio o qual informou que neste mês de junho o casal completaria 10 anos de casamento.

E assim caros leitores, o mundo das notícias registra mais um final trágico para outra família. O sorriso deles deu lugar ao luto dos parentes. O caso que foi noticiado pelos meios locais de comunicação e na internet.

A todos nós como cristãos nos cabe incluir em nossas orações a jaculatória transmitida por Nossa Senhora na década de 80: Ó meu Jesus, protegei e salvai os não nascidos e as nossas famílias.


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas