sexta-feira, 8 de julho de 2016

Frases Pornográficas

Antes de mais nada, vamos resolver a curiosidade de um artigo com um título como este. O que faz ele aqui neste blog católico? Vamos esclarecer, mas em primeiro lugar vamos colocar a definição da palavra “trepar” encontrada em alguns dicionários, para podermos refletir a respeito. Imaginemos a seguinte frase "Casal trepando gostoso". Segue então a definição:

Trepar - ir de baixo para cima de (algo), agarrando-se com os pés e as mãos; galgar. Deslocar-se para (lugar mais alto e/ou íngreme); subir.

Agora sim, já que revisamos o significado da palavra podemos refletir um pouco sobre a frase em questão colocada logo acima. O que fica claro logo de antemão, é que a palavra gostoso “força” a frase para uma conotação sexual. Torna a frase dentro de um patamar popular, invasivo e exclusivo do meio onde as pessoas libertinosas e devassas praticam a relação puramente sexual em busca do prazer, tratando a outra pessoa como o “algo” que a definição do dicionário apresenta.

Que triste isso. A expressão não remete a dúvida nenhuma de que, lida isoladamente como um título, por exemplo, ela tende a revelar uma possível e quase certa matéria de conteúdo sexual. Oba, pensam os viciados em pornografia na internet. Vou clicar para ver esse vídeo ou ler esse conto erótico. Que triste, são escravos dos pecados e já não possuem forças próprias para lutarem em meio as suas vidas desanimando a cada dia.

Sim, desanimados que são, pois, o vício vai mantendo a pessoa no mesmo lugar em que está. Quando se passarem tantos meses ou anos e a pessoa, por alguma graça divina, olhar para a sua vida, verá que nada fez dela a não ser vegetar e se lambuzar no nada que o mundo oferece como prêmio. E a conotação sexual de frases assim, se digitadas nos buscadores da internet, trazem centenas de resultados eróticos e praticamente todos oferecem a pornografia em forma de vídeo.

É preciso um esforço constante neste vale de lágrimas, que é a terra em que vivemos, porque as ocasiões de pecado são inúmeras e um simples clique pode transformar a pequena recém-nascida tentação, em segundos, em um enorme gigante de muitos metros que nos colocará de joelhos, com o rosto no chão, saboreando a lama dos pecados que o mundo possui.

Ovelhas não foram feitas para chafurdar na lama. Jesus o Bom Pastor (João 10,11-14-15), aquele que deu a vida por suas ovelhas e que elas o reconhecem por sua voz, se alegra quando uma se perde e deixando as noventa e nove vai atrás da perdida para a resgatar (Mateus 18,13). Não esqueçamos jamais o que ele ensinou. Os vícios nos escravizam, qualquer vício. E este gigante que nos escraviza como a um fardo pesado, só será derrotado por aquele que venceu a morte na cruz, ressuscitando ao terceiro dia.

Em nossa missão de batizados lembremos sempre de dizer a todos e de nos lembrar sempre das palavras de Jesus: Vinde a Mim...Eu vos aliviarei (Mateus 11,28).


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas