quinta-feira, 28 de julho de 2016

Cracovia 2016 - presença dos santos

Os católicos e todo o olhar do mundo acompanham o evento da Jornada Mundial da Juventude que acontece este ano em Cracovia, situada na Polônia. Terra onde nasceram Santa Maria Faustina Kowalska e São João Paulo II.

Na data de hoje aconteceu a cerimônia de boas-vindas ao papa Francisco muito bem organizada e realizada que culminou com uma homilia do sumo pontífice exortando os jovens a não se aposentarem de suas juventudes e permanecerem caminhando com Jesus, pois eles, nas palavras do papa, são o rosto do Cristo. É preciso, disse ainda renovarmos e reforçarmos nossas amizades com o próximo e pelo próximo para que nossa amizade com Jesus se torne cada vez mais forte.

No meio da cerimônia, aconteceu um momento belíssimo onde os continentes que juntos comportaram 187 países participantes, fizeram um desfile de bandeiras, previamente anunciado por uma pessoa que representava um determinado continente que em belos cantares proferia palavras de fé e incentivo. O destaque deste momento ficou por conta de que cada continente foi representado por um santo. Foram eles:

Pela Europa, São Vicente de Paula. Pela Ásia, Madre Teresa de Calcutá. Pela África Santa Josefina Bakhita. Pela Oceania e Austrália, Santa Luiza de Marilac. Pela América do Norte, São Damião Molocai e pela América do Sul, Irmã Dulce.
Que emoção foi para nós brasileiros testemunhar a bandeira que mostrava a Irmã Dulce, o anjo bom da Banhia representando toda a América do Sul. Com seu exemplo máximo de serviço ao próximo, sem dúvida alguma esta mulher de fibra e incessante caridade muito fez em vida e ainda faz no céu, muito por todos os cristãos que ainda peregrinam pelo vale de lágrimas.

Após este desfile, chegou o momento da leitura do evangelho, que foi lido em polonês e no dialeto do povo de Cracovia. Antes, porém, numa enquete realizada nas redes sociais pela organização do evento, os jovens da jornada mundial escolherão o nome de 10 santos e/ou beatos que viveram pouco tempo aqui na terra por conta de uma morte muito jovem por amor a Cristo e seu evangelho. Um a um eles foram representados por atores trajados com as vestimentas da época e em seguida o evangelho entrou sendo passado de mãos em mãos por todos os santos ali representados para finalmente ser entregue no ambão para a pessoa que faria a leitura, simbolizando que a palavra de Deus, da qual os santos e santas de Deus viveram e deram seu testemunho até com a vida, chega até os dias de hoje, continuando a transformar as pessoas e converter muitos corações colocando-os no caminho da porta estreita.

Homilia do Papa Francisco na cerimônia de boas vindas - JMJ 2016 Cracovia

fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas