quarta-feira, 20 de julho de 2016

Não abandone a oração


Por Santo Afonso de Ligório

Diz o santo Doutor (São Tomás de Aquino) que não saberá viver bem, quem não souber rezar: “Bem sabe viver, o que sabe rezar bem”.

São Francisco de Assis dizia que, sem a oração, nunca pode uma alma produzir bons frutos.

Não têm, pois, desculpa os pecadores que alegam não ter forças para resistir às tentações. “Se vos faltam as forças, adverte São Tiago, porque não pedis?” (Tg. 4, 2).

Não há dúvida, somos muito fracos para resistir aos assaltos de nossos inimigos.

Mas também é certo que Deus é fiel e não permite que sejamos tentados acima de nossas forças como diz o Apóstolo:

“Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além de vossas forças. Fará, pelo contrário que tireis proveito da tentação para poderes suportá-la”
(ICor. 10, 13).

Explicando estas palavras, diz Primásio: “Com o auxílio da graça, Ele vos dará forças para vencerdes a tentação”. Somos fracos, mas Deus é forte.

Se implorarmos o seu auxílio, Ele nos comunicará a sua força e assim poderemos tudo e poderemos dizer com o mesmo Apóstolo São Paulo: “Posso tudo naquele que me fortalece” (Fl. 4, 13).

“Não há, pois, desculpa, como diz São João Crisóstomo, para aquele que sucumbe por deixar de orar. Porque, se tivesse orado, não teria sido surpreendido por seus inimigos.

Não poderá ser desculpado aquele que tentou e não conseguiu vencer o inimigo, por ter abandonado a oração”.


fonte: Associação Apostolado do Sagrado Coração de Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas