quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O Vidente de Jacareí, SP e Anguera, BA

“Quem quiser acreditar que acredite, quem não quiser, que se dane, me deixe em paz. Passo por cima de todo mundo e faço o que eu quero, “tô” sempre com razão, eu nunca erro eu nunca me engano e eu não vou mudar meu jeito de ser e pronto acabou. E quem quiser ficar comigo fique, quem não quiser, me largue e me deixe, não preciso das pessoas pra nada. Como amigo eu sou muito bom, mas como inimigo eu sou melhor ainda”. Quem disse essas palavras foi Marcos Tadeu, o autoproclamado vidente das aparições de Jacareí, em resposta aos católicos que, com a igreja, defendem a reta doutrina católica. Belo perfil e humildade tem esse vidente hein pessoal! E ainda se diz consagrado a Maria. Que sacrilégio, um servo de Maria não age assim (Efésios 5,26).

Pois bem caros leitores, após muitos anos de pesquisas e investigações particulares a respeito das aparições da Virgem Maria pelo mundo afora, através deste pequeno artigo irei colocar algumas questões que, de antemão, quero deixar claro que são de opinião própria. Adiante... Jesus nos ensinou que pelos frutos conheceremos a árvore (Mateus 6,43-44). E este é o ponto de partida. Além do que, a doutrina da Igreja Católica, através de seu catecismo (nº 65,66 e 67) nos confirma que:

"Muitas vezes e de modos diversos falou Deus, outrora, aos pais pelos profetas; agora, nestes dias que são os últimos, falou-nos por meio do Filho" (Hebreus 1,1-2). Cristo, o Filho de Deus feito homem, é a Palavra única, perfeita e insuperável do Pai. Nele o Pai disse tudo, e não há outra palavra senão esta. "A Economia cristã, portanto, como aliança nova e definitiva, jamais passará, e já não há que esperar nenhuma nova revelação pública antes da gloriosa manifestação de Nosso Senhor Jesus Cristo". Todavia, embora a Revelação esteja terminada, não está explicitada por completo; caberá à fé cristã captar gradualmente todo o seu alcance ao longo dos séculos. No decurso dos séculos houve revelações denominadas "privadas", e algumas delas têm sido reconhecidas pela autoridade da Igreja. Elas não pertencem, contudo, ao depósito da fé. A função delas não é "melhorar" ou "completar" a Revelação definitiva de Cristo, mas ajudar a viver dela com mais plenitude em determinada época da história. Guiado pelo Magistério da Igreja, o senso dos fiéis sabe discernir e acolher o que nessas revelações constitui um apelo autêntico de Cristo ou de seus santos à Igreja. A fé cristã não pode aceitar "revelações" que pretendam ultrapassar ou corrigir a Revelação da qual Cristo é a perfeição.

Sendo assim, como se vê, por exemplo, em Medjugorje, situada na Bosnia, lá sim, onde as aparições da Virgem Maria acontecem desde 1981, percebe-se os frutos daquele lugar. São centenas de confissões, vocações sacerdotais, celebrações da santa missa, milhares de peregrinos assistidos por sacerdotes, tudo, numa atmosfera perfeitamente cristã; a começar pelos videntes, que estão a dar testemunhos de vida a todo o mundo e estão muitíssimos longe de buscarem a fama ou interesses pessoais. O fenômeno da Bosnia desafia a Santa Sé, que por praxe e prudência, após sua manifestação oficial, que perdura até os dias de hoje, não condenou e nem aprovou a aparição de Maria. Não condenou porque até hoje não se proferiu lá, nenhuma virgula que fosse contra a revelação divina. Não aprovou porque, como as aparições ainda estão acontecendo, é necessário que se concluam para que a investigação da Santa Sé leve adiante o processo. No entanto, o papa Bento XVI interferiu e nomeou uma comissão para apurar de perto o caso que até o momento não pronunciou parecer definitivo, ou seja, está em andamento.

Já em Jacareí a história é bem diferente. Existe uma tentativa da aparição manter-se afastada da igreja católica. Lá nesse local, pregam-se muitas novidades o que vai na contramão da doutrina de mais de dois mil anos e de toda a bagagem histórica de todas as aparições de Maria. Muito diferente também, do vidente Pedro Régis, cidadão da cidade de Anguera, na Bahia. Ele é assistido por um sacerdote, mantém-se em união com a igreja através do Bispo de sua Diocese e tem um comportamento completamente voltado para a linha que nos pede Jesus. As mensagens que a Mãe de Deus revela em Anguera apontam para o evangelho de Jesus e não trazem nenhuma novidade. São apenas lembretes, advertências e exortações de Maria Santíssima, em completa sintonia com todas as suas aparições. Em Jacareí o que se tem lá são novidades, que tem semeado muita confusão na cabeça dos fiéis. Existe sim, muita verdade dita em Campinas, porém, misturada com mentiras e essa não é a catequese que sempre veio da Mãe de Deus.

Portanto, sigamos com Jesus que nos garantiu que o inferno não prevalecerá sobre sua igreja. Jesus sim, não se engana e não engana ninguém. Ele é a verdade e por isso sua mãe Maria Santíssima, quando desce ao mundo a mando de Deus, nada mais faz do que nos recordar a revelação do filho, sempre com seu semblante sério, mas com a pureza e o amor de mãe para com seus filhos (João 19,26). Tudo que passar disso, provém do maligno (Mateus 5,37).

Vídeo do Padre Duarte Souza Lara - Aparições, como discernir
Palestra relacionada ao tema das aparições - duração 1h07min

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas