sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Os ensinos de São Tiago

“Já o sabeis, meus diletíssimos irmãos: todo homem deve ser pronto para ouvir, porém tardo para falar e tardo para se irar; porque a ira do homem não cumpre a justiça de Deus.”

Nos livros do novo testamento encontramos os primorosos ensinamentos contidos na carta de São Tiago. De agradável leitura e fácil compreensão são escritos muito fáceis de se ler e aprender. Nesta passagem que separamos neste artigo, aprendemos que nossa conduta não pode ser pautada em comportamentos impulsivos, porque como bem sabemos, são nesses momentos, que a ira toma conta de nossa razão e sentimentos e durante esses momentos nossas atitudes podem nos trazer problemas de todas as naturezas.

O belo deste ensinamento é que o apóstolo buscou esse conhecimento nos livros do antigo testamento. A passagem que acabamos de ler tem raízes no Livro do Eclesiástico 5,11-13. Acompanhemos:

“Não joeires a todos os ventos, não andes por qualquer caminho, pois é assim que se revela o pecador de linguagem dúbia. Firma-te no caminho do Senhor, na sinceridade de teus sentimentos e teus conhecimentos, nunca te afastes de uma linguagem pacífica e equitativa. Escuta com doçura o que te dizem a fim de compreenderes, darás então uma resposta sábia e apropriada.”

Como podemos perceber caro leitor, São Tiago traz para si e para todos nós um aprendizado que vem de outro belíssimo livro com tantas verdades diretas. O livro do Eclesiástico, integrante do cânon bíblico católico não deixa para depois. São 51 capítulos que nos colocam em reflexão profunda sobre a conduta e comportamento que o cristão deve praticar.

Nem precisamos ir adiante, já está muito claro que não se pode deixar de lado e nem mutilar a bíblia por conta de interesses próprios. Jesus nos revelou no livro do Apocalipse que não devemos ser “mornos” (Apocalipse 3,16). O politicamente correto é aquele que não anda pelos caminhos do mestre, tem medo de perseguições e procura agradar o mundo e a todos. Tudo isso não se configura com a vontade do Cristo, que falou abertamente sua doutrina a quem quisesse ouvir, por onde passava (Lucas 22,53).

Desprezar os santos, Maria Santíssima, todos membros da igreja, corpo de Cristo, e desprezar os livros canônicos, são atitudes que não irão ficar de graça. Podemos ter certeza disso porque quem falou a respeito sobre isso foi Jesus (Mateus 7,19-23).


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas