quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Poema sobre o Passado

Hoje me chega um dia que não existia,
Nele, posso fazer o que pensado havia,
Enquanto ele durar posso sentir alegria,
Ou quem sabe a tristeza me espera neste dia?

Amanhã, que ainda não existe irá leva-lo embora,
Portanto, o que me cabe é viver aqui e agora,
Depois, pode ser tarde e nem verei o passar da hora,
Só verei o que não fiz por culpa da minha demora.

Se tenho consciência disso por que não me apresso?
Por que pelo que é certo eu não me interesso?
Será que não enxergo e vejo tudo do avesso?
E me comporto com desobediência, como um garoto travesso?

Ora, deixemos de lado toda essa incerteza,
Não posso cuidar da questão nem com toda a inteligência,
A mim cabe apenas viver com muita paciência,
E acreditar no pai de todos que cuida de nós com toda a delicadeza.

Desta forma, se eu não fizer, consequências irei sofrer,
Minhas escolhas, com certeza, me farão perecer,
Por tentar seguir em frente desenfreadamente a correr,
No passado irei colocar os erros que eu cometer.

E assim, o que vivo hoje, no passado irá ficar,
Porém, se eu errar, uma coisa nele nunca irei encontrar,
A tristeza por não ter ouvido a voz do coração,
Morada eterna de Jesus e Maria, minha eterna salvação!


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas