segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Tempo é questão de Prioridade

1ªCoríntios 7,29 – “Mas eis o que vos digo, irmãos: o tempo é breve.” 1ªCoríntios 10,21 – “Não podeis beber ao mesmo tempo o cálice do Senhor e o cálice dos demônios. Não podeis participar ao mesmo tempo da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.” Como vimos caros leitores é preciso fazermos uma escolha. De fato, todos concordam com essa afirmação do apóstolo que foi anteriormente ensinada por Jesus (Mateus 6,24). Não podemos, sem sombra alguma de dúvida, nos dividirmos em nossos interesses sem colocarmos sob nossa mira tudo que nos cerca dentro de uma visão sobrenatural.

E realmente não podemos porque conforme nos explicou Jesus em seu sermão da montanha, nossos interesses não superam os interesses dele. Essa questão é foco de grandes dificuldades para muitas pessoas porque fica a parecer que não temos direito a nada, como os escravos. E não é assim pois quem pensa por esta ótica, aceita a catequese do mundo que prega que para você ser feliz precisa ter e ser o que quer e ter a paz que o mundo te oferece. Como o ensinamento dos evangelhos seguem em outra direção demonstrando que o que vem do alto não é como o que se pode obter na terra (João 14,27 – “Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não vo-la dou como o mundo a dá.”), fatalmente algumas escolhas, se mal feitas, por tentações aceitas, podem derrubar sobre nossas vidas espirituais, grandes prejuízos.

Como o tempo é breve, e não sabemos de quanto tempo dispomos, o que importa é o que fazemos com o tempo que Deus nos concedeu. E esta importância demanda prioridade. Para aquilo que é importante para nós arrumamos tempo. Todos agem assim. Dizer que não se tem tempo para fazer alguma coisa é apenas uma desculpa para justificar a falta de prioridade que damos para esta coisa.

É muito simples assim. O ser humano age assim. Quando está em fase escolar, prioriza os estudos para ir bem nas provas. Quando quer ser um bom atleta, prioriza certos aspectos da vida que contribuem para seu êxito no esporte. Quando gosta muito de jogos eletrônicos prioriza grande parte de seu tempo para passar horas em frente ao computador ou videogame. Quando gosta de festas, prioriza seu tempo aos finais de semana, até sacrificando sua saúde e horas de sono, para passar em noitadas regadas de bebedeiras, cigarro, danças e outras práticas noturnas que se afastam do pudor e da modéstia.

Deus não é visto com prioridade. Aquele que nos criou e nos concedeu por Jesus Cristo a graça da vida eterna, aquele que cuida de nós e nos ama de uma forma que não compreendemos é deixado de lado. É visto apenas como um prestador de serviços enquanto nós, nos comportamos como consumidores de graças.

Não deve ser assim, tudo que acontece em nossa vida, vem de Deus ou é permitido por Deus, para nosso crescimento no amor e santidade, até que alcancemos a estatura de Cristo. Portanto, façamos como nos recorda o apóstolo São Paulo em Efésios 5,20 – “Rendei graças, sem cessar e por todas as coisas, a Deus Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo!”

Então, cientes das verdades celestes e de nossa condição é preciso sempre urgência em priorizar dentro do tempo que temos, o que não passa em detrimento daquilo que passa.


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas