quarta-feira, 26 de julho de 2017

Veneno não faz mal

Olá caros leitores, neste artigo vamos refletir um pouco sobre o aceite que muitas pessoas têm acatado em relação àquilo que é prejudicial para elas. Se alguém nos oferecer um montinho de pedras para comermos, ou nos oferecer um copo de gasolina ou um copo de ácido sulfúrico para ingerirmos, facilmente iremos recusar e poderemos dizer que essas coisas são para nós como veneno. Elas irão nos fazer mal. Sabemos que nosso organismo não está preparado para consumir pedras e tampouco os líquidos que eu mencionei. Nosso critério é tão acertado neste aspecto que nem precisamos ter experimentado de fato a ingestão dessas substâncias para defendermos nosso ponto de vista de que não iremos consumi-las porque irão nos fazer mal. Sabemos o suficiente a respeito da natureza delas para não aceitarmos sequer a hipótese de que pedras, gasolina e ácido sulfúrico não irão nos fazer mal.

Mas e então, se alguém publicar alguma pesquisa dizendo que após muitos estudos descobriu-se que é saudável consumir pedras, gasolina e ácido sulfúrico? E nos oferece um copo ou um prato para comermos ou bebermos? Certamente não iremos comprar de bate pronto essa afirmação porque o que conhecemos a respeito não pode ser refutado e por conta disso, muito provavelmente não iremos arriscar na ingestão dessas substâncias. Acho que até aqui estamos todos de acordo. Falando por mim, posso dizer que nem com reza brava me farão por espontânea vontade dar uma dentada numa pedra colhida na beira da estrada ainda molhadinha por acabar de ter saído de uma chuva. Ou então beber um delicioso copo de gasolina aditivada premium que foi filtrada duas vezes. Menos ainda beber uma taça do reconfortante desengripante de garganta e limpador de cordas vocais chamado ácido sulfúrico. Não tem como, meu corpo não foi achado no lixo, foi Deus que me concedeu o direito a ele até o dia do meu julgamento. Não posso sair por aí prejudicando ele e em consequência disso também a minha alma.

Ora bolas, parece até uma conversa meio óbvia e um tanto sem sentido mas se as coisas fossem assim então por que as pessoas dão ouvido ao diabo? Explico. O diabo não tem nada de bom para nos oferecer. Ele nos odeia com todas as suas forças e só quem já esteve frente a frente com uma presença maligna, mesmo que não a tenha visto, pode dar testemunho do que é sentir ser profundamente odiado. Ele, que odeia a todos os herdeiros do reino dos céus e como já disse, repito aqui, não tem nada de bom a nos oferecer, precisa disfarçar suas ofertas do mal em lindos pratos saborosos. Ele passa a defender a tese de que esses pratos saborosos (os venenos da alma) não nos fazem mal e não irão nos roubar a salvação.

Aos poucos as pessoas vão dando ouvidos, provando uma porçãozinha aqui, outra ali e em doses homeopáticas muito pequenas. Com isso não percebem o mal que aceitaram em suas vidas, não percebem que deram permissão para satanás escravizar suas almas através dos vícios e dos prazeres. Muitas vezes não percebem por causa da sutileza e da natureza do pecado. Ele, que é uma realidade espiritual é um veneno destruidor e mortífero para a nossa alma. Atua como um câncer e como a diabetes. É silencioso, quando tomar proporções incontroláveis já terá envenenado muitos continentes dentro de nós.

Veneno não faz mal, ensina o diabo. Isso é imposição divina para que não possamos ser felizes aqui na terra e fazermos aquilo que queremos, assim alardeia nosso inimigo. O diabo é bom em aplicar golpes, ele sempre está com novidades, sempre com novas maneiras de tentar romper nossas defesas. Ai dos desatentos e distraídos. Não devemos proceder assim. Assim como a verdade do Cristo é imutável por sua natureza, os venenos nunca serão bons, porque é da natureza deles nos fazerem mal, seja no corpo ou na alma. Nada de retrucar o inimigo ou ficar dialogando em forma de bate-boca, precisamos sim nos aproximarmos de Jesus e nos colocarmos em suas santas chagas e dentro do seu sagrado coração. Dessa forma a vitória é certa e quero ver se o diabo tem peito para arrancar dos braços de Jesus, o bom pastor, alguma ovelha que o segue porque ouve sua voz, a voz do ressuscitado.


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas