quinta-feira, 10 de agosto de 2017

As famílias do inferno

Aos cristãos de todo o mundo, que se esforçam para viverem o caminho da porta estreita, no segmento do rigoroso evangelho de nosso senhor Jesus Cristo, é sempre um grande pesar testemunhar pelo mundo afora que tudo aquilo que foi pensado, desejado e criado por Deus é gravemente jogado na lama, que nada mais é que a lama do pecado. O pecador sempre quando peca se comporta como se proclamasse que Deus está errado e que o mundo é que está certo. Família é mulher, marido e filhos, mais nada. Qualquer combinação diferente desta, como diz nas sagradas escrituras: vem do maligno.

Pois muito bem, mesmo em nosso pequeno mundinho que acaba por ser globalizado por conta da modernidade, tecnologia e meio de comunicação em toda a espécie de mídia, terminamos por ter ciência do estrago que os inimigos da alma promovem por toda a parte. Já escrevi em outros artigos por aqui e o que escrevi tantos outros cristãos e a própria igreja já trataram do assunto a respeito, além é claro, da santa palavra de Deus, de que as coisas como são colocadas hoje em dia estão completamente erradas. Esse negócio de que para toda regra existe a exceção não vale para se argumentar contra Deus.

Em linhas bastante resumidas está ensinado para fazer o que ele quer e não o que queremos. Está determinado que ou se está com ele ou contra ele. Quem o ama, como diz na bíblia, observa sua lei e seus mandamentos, do contrário, se encaixa por vontade própria no hall daqueles que Jesus disse que estão contra ele. É simples assim e muito triste ao mesmo tempo, ver gerações ensinarem o que é errado aos olhos de Deus para as novas gerações. Na carta aos Romanos está escrito que aqueles que ensinam e praticam o erro serão condenados. Pobres de todos esses que agora posam nos holofotes seculares da fama, empunhando um estandarte de falsos e maquiados valores. Na foto vemos mais um entre tantos exemplos pelo mundo afora; se trata dos atores de cinema homossexuais Neil Patrick e David Burtka, pais adotivos dos gêmeos inseminados. Numa situação que não caminha pelo caminho que Jesus deixou, pessoas assim vivem embotadas por aquilo que acham ser certo desprezando a verdade maior que irá premiar ou condenar no dia do juízo (Apocalipse 22,12).


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas