terça-feira, 17 de outubro de 2017

A Unilever e os filhos de satanás

Recentemente caros leitores, a empresa Omo, que pertence ao grupo Unilever, que para quem não sabe é grande apoiadora da maior empresa de controle de natalidade e aborto do mundo chamada Planned Parentood, divulgou um vídeo conclamando os pais e responsáveis através de sua campanha pró-ideologia de gênero a inculcarem nas mentes infantis a ideia de que sexo não é uma condição criada por Deus e sim uma construção social onde cada um pode decidir que papel (sexo) vai escolher. Notaram caros leitores que vivemos em tempos que parece que tudo está afunilando? Não damos conta de assistir, tomar conhecimento ou de denunciar tantas barbaridades. Sabemos que o diabo tem sobre ele o decreto da derrota, mas, mesmo assim, faz todo o estrago possível aos filhos de Deus. Não é possível olhar para o mundo em que vivemos e achar que nossa geração não é a última a passar por essa terra. Parece que é. Embora também possa ter parecido em gerações passadas ao longo da história da humanidade desde o princípio das coisas, nós, que vivemos no hoje, podemos quase apalpar o furor da batalha que acontece frente nossos olhos.

Pessoal, tudo aquilo que o diabo odeia significa que temos que amar muito. O contrário também é muito válido: tudo aquilo que ele gosta significa que devemos odiar muito. Eu como pai, e me dirijo a todos os pais, vivo um dia a dia mergulhado em Cristo, porque sei que sozinho não posso “colocar” eles (minhas filhas e esposa) no paraíso. Tenho que fazer a minha parte, como católico, com pai, marido e como adulto responsável que sou por vidas que dependem de uma parcela do meu eu. Não devemos desanimar, iremos sofrer no caminhar da batalha, mas como membros da igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, temos por nós o Exército Celeste, a Santíssima Trindade, os santos de Deus e a Virgem Santíssima, excelente estrategista que sabe muito melhor do que cada um de nós, onde colocar munição.

Não devemos pensar que somos um nada perante o barulho do inimigo, se membros de Cristo nós somos, e ele é a cabeça, a vitória é certa e qualquer chaga ou ferimentos que a batalha nos acometa não será eterna, porque eterna é a Misericórdia de Deus e uma fé inabalável capaz de suportar até as piores mazelas que o olhar possa registrar não irá sucumbir perante nosso inimigo cruel. Não vos conformeis com o mundo nos recorda São Paulo apóstolo. A Jerusalém celeste um dia virá, um dia se tornará uma realidade na vida de cada um que escolheu sofrer e amar a Deus e ao próximo. Que venham as dificuldades, a luta está aí “muitos são chamados e poucos os escolhidos”. O muro não nos pertence, pertence ao demônio, não fiquemos em cima do muro, não sejamos mornos, sejamos como São Sebastião que por amor a Jesus, podendo preservar sua vida, escolher professar sua fé até as últimas consequências. Não só ele, como tantos outros. Se não formos imitadores daqueles que pela fé e paciência se tornaram herdeiros das promessas (Hebreus 6,12), agindo como imitadores de Cristo (Efésios 5,1 – 1ªCoríntios 11,1) corremos o risco de sermos politicamente corretos e negar o Cristo perante os homens. Para estes Jesus disse que os negará perante o Pai (Mateus 10,33).


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas do blog

Postagens mais visitadas no ano