terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A oração de São Francisco de Assis

São Francisco de Assis, que viveu a extrema pobreza e radicalidade do evangelho de Jesus Cristo, assim como Santa Clara de Assis, compôs uma bela oração que muitos talvez não tenham percebido mas, é repleta de embasamentos bíblicos que podem ser retirados em vários trechos da santa palavra de Deus. Aqui colocamos apenas algumas possibilidades. Vale a leitura para que tenhamos ainda mais amor a essa oração, que recitada ou cantada, enche o coração e é um pedido sincero para que Deus nos molde a estatura de seu filho Jesus:

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Atos 9,15 – “Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este homem é para mim um INSTRUMENTO escolhido, que levará o meu nome diante das nações, dos reis e dos filhos de Israel.”

Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Efésios 4,31 – “Toda amargura, IRA, indignação, gritaria e calúnia sejam desterradas do meio de vós, bem como toda malícia.”

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
2ª Coríntios 2,7-8 – “Assim deveis agora PERDOAR-LHE e consolá-lo para que não sucumba por demasiada tristeza. Peço-vos que tenhais caridade para com ele.”

Onde houver discórdia, que eu leve a união;
1ª Carta a Timóteo 6,3-7 – “Quem ensina de outra forma e discorda das salutares palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, bem como da doutrina conforme à piedade, é um obcecado pelo orgulho, um ignorante, doentio por questões ociosas e contendas de palavras. Daí se originam a inveja, a DISCÓRDIA, os insultos, as suspeitas injustas, os vãos conflitos entre homens de coração corrompido e privados da verdade, que só vêem na piedade uma fonte de lucro. Sem dúvida, grande fonte de lucro é a piedade, porém quando acompanhada de espírito de desprendimento. Porque nada trouxemos ao mundo, como tampouco nada poderemos levar.”

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Tito 2,1-2 – “O teu ensinamento, porém, seja conforme à sã doutrina. Os mais velhos sejam sóbrios, graves, prudentes, fortes na , na caridade, na paciência.”

Onde houver erro, que eu leve a verdade;
1ª Coríntios 13,6 – A caridade “Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a VERDADE.”

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Isaías 61,1-3 – “O espírito do Senhor repousa sobre mim, porque o Senhor consagrou-me pela unção; enviou-me a levar a boa nova aos humildes, curar os corações doloridos, anunciar aos cativos a redenção, e aos prisioneiros a liberdade; proclamar um ano de graças da parte do Senhor, e um dia de vingança de nosso Deus; consolar todos os aflitos, dar-lhes um diadema em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de vestidos de luto, cânticos de glória em lugar de DESESPERO. Então os chamarão as azinheiras da justiça, plantadas pelo Senhor para sua glória.”

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
2ª Coríntios 9,7 – “Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com ALEGRIA.”

Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Mateus 5,14-16 – “Vós sois a LUZ do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre uma montanha nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa. Assim, brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus.”

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais Consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado.
1ª Coríntios 11,1 – “Tornai-vos os meus IMITADORES, como eu o sou de CRISTO.”

Pois é dando que se recebe,
Atos 20,35 – “É maior felicidade DAR que receber.”

é perdoando que se é perdoado,
Mateus 6,14 – “porque, se PERDOARDES aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste também vos perdoará.”

e é morrendo que se vive para a vida eterna.
Mateus 10,39 – “Aquele que tentar salvar a sua vida, perdê-la-á. Aquele que a PERDER, por minha causa, reencontrá-la-á.”


fonte: Jefferson Roger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas do blog

Postagens mais visitadas no ano